domingo, 27 de março de 2011

O que esperar dos Oráculos



'Sempre houve oráculos e as pessoas sempre os usaram. Seja para predizer um dia infeliz, confirmar a escolha do marido, localizar animais para uma caçada bem sucedida ou conhecer o resultado de uma batalha, faz parte da condição humana querer saber, preparar e tornar seguro o desconhecido - o futuro. A palavra oráculo significa "falar". Também significa "comunicação divina em resposta a uma súplica ou pedido". Acreditava-se que os oráculos faziam seus pronunciamentos quando possuídos por uma divindade, a Deusa ou Deus. Essas mensagens divinas podiam ser enigmáticas, e algumas vezes era necessário interpretá-las. (...) Os oráculos da antiguidade eram proferidos por sacerdotisas cuidadosamente escolhidas e treinadas. A sacerdotisa se preparava para a sessão oracular tomando banho numa lagoa ou fonte sagrada. Em seguida, vestia o traje com os adornos rituais e entrava num estado de transe profundo. O transe podia ser induzido pelo uso de ervas alucinógenas sagradas ou por ligação espiritual directa. Uma vez em transe a Deusa falava por seu intermédio. (...)

A subida da montanha para chegar ao templo da Deusa é íngreme e esgota toda a minha energia e quase toda a minha concentração para escalar. Meu coração está agitado, batendo aceleradamente. Não sou idosa, nem jovem, e começo a suar com o esforço. Não posso dizer qual é o clima, pois estou sendo devorada pelo meu problema. Chego ao templo e toco o gongo. Uma sacerdotisa aparece e, sem dizer palavra, faz gestos intimando-me a acompanhá-la. Ela me leva para dentro, para um local onde eu me sento e tiro as sandálias. Ela coloca um recipiente grande sob os meu pés, em seguida pega um jarro e derrama um pouco de água perfumada e revigorante sobre eles. Ela os enxuga com uma toalha e unta-os com óleo aromático. Sinto-me refrescada e renovada. Ela me leva para o labirinto externo e me saúda como a Deusa, depois se volta e me deixa só. Sim, eu sou a Deusa, agora me lembro disso. Entro no labirinto, respirando profundamente, caminhando devagar, entregando-me. À medida que o meu ser começa a desatar o nó que é o meu problema, noto o dia, o vento, as árvores, a terra. Sinto-me fundir no ser maior que é a Deusa. Sim, eu sou a Deusa. Ando por um caminho em espiral, símbolo labiríntico da Deusa. Sinto o aroma forte do incenso quando me aproximo do centro do labirinto, e a fumaça é tão densa que mal distingo a figura mascarada da pitonisa, oráculo e voz da Deusa. Quando me ajoelho diante da grande sacerdotisa, relato meu problema e peço uma resposta, sabendo com toda a certeza que receberei o que preciso e que tudo ficará bem.'

Fonte: O Oráculo da Deusa, Amy Sophia Marashinsky, Ed. Pensamento.

quarta-feira, 9 de março de 2011

O Oráculo da Lua



O Oráculo da Lua é um método divinatório original, simples de aplicar, e uma prática introdução à astrologia lunar. Ele permite que você sintonize a sua vida com os ritmos flutuantes da lua e faça múltiplas leituras detalhadas, usando uma combinação de cartas lunares.

A caixa contém 72 cartas com figuras evocativas que representam as 8 fases da Lua em cada um dos 4 Elementos Astrológicos, as 28 Casa Lunares e as 12 Deusas da Lua.

O livro oferece interpretações detalhadas para cada carta e sugere diversos métodos diferenciados para se fazer uma leitura. Tabelas da lua ajudam a localizar a fase exacta da Lua, bem como o signo astrológico em que ela está posicionada, em qualquer data específica durante os próximos dezasseis anos.


* Língua: Português, do Brasil
* Preço sob consulta (maosdelotus@gmail.com)

O Tarô das Bruxas




Que relação pode haver entre Tarô e Cabala? Como o Tarô e a Cabala se relacionam com a Bruxaria? Como podemos integrar Tarô, Cabala e Bruxaria num sistema exeqüível?
Este livro é uma prova de que essa integração é possível. O Tarô das Bruxas estuda os caminhos entre as esferas da Árvore da Vida, as experiências que eles representam e o que significam para os adeptos da Arte e para os Pagãos. No decorrer deste estudo, o leitor verá como os símbolos do baralho do Tarô se relacionam com os caminhos e com a Arte.
Estas páginas incluem meditações e métodos de trabalho com a Árvore que podem ser aplicados imediatamente. Ao percorrer a Árvore, você se deparará com algumas experiências pelas quais já passou e com outras que você quer ou precisa viver. Você também conhecerá o significado das misteriosas figuras que compõem o Tarô e aprenderá a usar esses símbolos em meditações e trabalhos de magia.
Além disso, o livro apresenta uma nova maneira de ler o Tarô e uma descrição completa do Baralho do Tarô das Bruxas, com o simbolismo cabalístico que os Pagãos tanto apreciam.
Integram a obra belas ilustrações dos 22 Arcanos Maiores, todas de natureza pagã, criadas pelo artista Martin Cannon.

Ellen Cannon Reed mostra como cada carta se relaciona com um dos caminhos da Árvore da Vida cabalística. Ela colheu dados e informações sobre os Caminhos em muitas fontes e os combinou com as suas pesquisas e o seu conhecimento da Wicca.

Este é o primeiro livro dedicado ao estudo do Tarô de uma perspectiva tanto cabalística quanto wiccaniana.


Fonte: Editora Pensamento Cultrix


* Língua: Português, do Brasil
* Preço sob consulta (maosdelotus@gmail.com)

Related Posts with Thumbnails